Digite sua senha

Desperdício: como evitar e aproveitar os alimentos de forma saudável

Desperdício: como evitar e aproveitar os alimentos de forma saudável

O desperdício de alimentos

Os alimentos são desperdiçados de diversas formas: no processo inicial de produção, manipulação pós-colheita e armazenagem, durante o manuseio, o transporte e a distribuição, no comércio e abastecimento de supermercados e sacolões, ficando em estoque. No entanto, uma parcela considerável desse desperdício acontece exatamente onde o alimento deveria ser aproveitado: na cozinha. E não para por aí!

Segundo a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), cerca de 1/3 dos alimentos produzidos no mundo não é consumido, o que representa 1,3 bilhão de toneladas de legumes, verduras, frutas, leguminosos, grãos e cereais descartados como lixo. Os desperdícios cometidos pelos consumidores finais representam 10% do total. É muito desperdício, não é mesmo?

 

Uma forma de combater: alimentação sustentável

A alimentação sustentável combate esse desperdício através de pequenas mudanças em nossos hábitos alimentares diários ao incentivar as culturas de aproveitamento integral, planejamento na hora de ir às compras e conservação adequadas dos alimentos, além de prezar por uma dieta nutritiva e saudável.

 

O que é o aproveitamento integral dos alimentos?

O aproveitamento integral dos alimentos consiste em mudanças no cotidiano, visando o uso total dos alimentos, incluindo as partes não-convencionais deles na nossa alimentação. Isso evita desperdícios e reduz o acúmulo de lixo.

O descarte de cascas, talos, sementes, raízes e folhas prova que, muitas vezes, jogamos na lixeira aquilo que poderia estar no nosso prato. Ao contrário do que muitos acreditam, essas partes do alimento são muito nutritivas e versáteis, podendo integrar inúmeras receitas. Eis uma solução deliciosa e extremamente saudável, não é?

 

Como diminuir o desperdício?

ESCOLHA: evite excessos e prefira frutas, legumes e hortaliças da época, que possuem maior teor nutricional, durabilidade e menor índice de agrotóxicos;

CONSERVE: armazene os alimentos em locais limpos com temperatura adequada;

HIGIENIZE: todas as frutas, verduras, legumes, cascas, entrecascas, talos, sementes e folhas devem ser higienizados um a um em água corrente;

APROVEITE E PREPARE: remova e utilize as partes não convencionais para outras receitas. E prepare os alimentos em quantidades necessárias para as refeições da sua família ou clientela.

 

Quais os impactos do desperdício de alimentos?

O estudo Rastros do Desperdício de Alimentos: Impactos sobre os Recursos Naturais, realizado pela FAO e publicado em 2013, é o primeiro a analisar os efeitos do desperdício de alimentos global a partir de uma perspectiva ambiental.

Entre as suas principais conclusões, podemos destacar que:

– a cada ano, o cultivo dos alimentos que não são consumidos demandam um volume de água equivalente ao fluxo anual do rio Volga, na Rússia;

– mesmo com todo esse desperdício, 70% da água do mundo é utilizada na agricultura;

– os alimentos produzidos não-consumidos são responsáveis pela emissão de 3,3 milhões de toneladas de gases de efeito estufa na atmosfera do planeta;

– o chorume liberado durante o processo de decomposição de materiais orgânicos contamina solos, rios e lençóis freáticos;

– além dos impactos ambientais, as consequências econômicas diretas do desperdício de alimentos atingem o montante de 750 bilhões de dólares em gastos desnecessários por ano;

“Todos nós, agricultores e pescadores, processadores de alimentos e supermercados, governos locais e nacionais e consumidores individuais, temos de fazer mudanças ao longo de toda a cadeia alimentar humana para impedir que ocorra, desde já, o desperdício e, não sendo isto possível, promover a reutilização ou a reciclagem”, afirma o Diretor-Geral da FAO, José Graziano da Silva.

Enquanto uma empresa que oferece serviços em alimentação, nós da Muito Mais nos preocupamos em não desperdiçar alimentos e aproveitá-los ao máximo dentro das nossas cozinhas. Além disso, promovemos ações de conscientização quanto ao aproveitamento integral e campanhas contra o desperdício entre colaboradores e clientes.

 

Acreditamos que está na hora de repensarmos a produção e o consumo de alimentos. Não podemos permitir que toneladas de alimentos sejam desperdiçados devido a práticas e culturas inadequadas, enquanto 870 milhões de pessoas passam fome no mundo.

 

Sem comentários

Postar um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.